OUTUBRO



TEATRO

13.OUT.
Sexta às 21h30
Salão Paroquial de Rio Frio
"RESTAURANTE EUROPA"
Pelo Grupo DUPLAFACE
Inserido no Projeto "Cultura em Movimento - Programa de descentralização cultural nas freguesias"
Entrada gratuita
“Restaurante Europa” é uma criação a partir das peças de Teatro de Cordel “A Casa de Pasto” de e “O Galego Lorpa”. Esta comédia, denuncia a torpeza de quem quer viver à custa dos outros, alardeando falsas grandezas ou prostituindo-se encapotadamente. Como pano de fundo, temos uma sociedade pindérica, pouco asseada e muito pretensiosa, que chega até nós peça descrição das assembleias ou partidas que se realizavam na Lisboa de outros tempos. Por seu turno, temos o dono do Restaurante que, sem conseguir coletar as dívidas dos seus fregueses e sem conseguir ter sucesso no seu negócio arruinado devido aos caloteiros, tem por objetivo casar a sua filha com um velho rico para se poder associar à sua fortuna. No fundo, “Restaurante Europa” é uma sátira ao mundo das aparências onde a preocupação é mostrar mais do que se é e ter mais do que se tem.














MÚSICA/CORO

14.OUT.
Sábado às 22h00
Auditório da Casa das Artes
CORAL DA JUSTIÇA DO PORTO
Entrada gratuita
O Grupo Coral da Justiça é uma Associação Cultural que iniciou a sua atividade em 1984 no Palácio da Justiça do Porto e que tem por objetivos, entre outros, a interpretação e a difusão da música coral e instrumental. O Grupo é composto por três unidades complementares: o Grupo Coral e o Grupo de Danças e Cantares Populares. Regressam a Arcos de Valdevez para mais uma interpretação de alegria, qualidade e respeito pela cultura e identidade nacional.
















TEATRO

20.OUT.
Sexta às 22h00
Auditório da Casa das Artes
“A LOLA”
Grupo de Teatro Avelaiña (Galiza)
Inserido no Iº Encontro de Teatro Luso-Galaico de Arcos de Valdevez
Entrada gratuita.
A Lola são todas as mulheres que sobreviveram ao terror de Franco e do franquismo.
A história joga com o presente (meados dos anos sessenta) e o passado (os anos da II República e imediatamente após o golpe militar de julho de 1936). O enredo é determinado pelo chamado "passado não ausente", isto é, porque os eventos nos anos de repressão após o golpe continuam a determinar as vidas e os comportamentos de várias gerações, porque o silêncio sobre esses fatos impede a superação do trauma.
O trabalho recria o ambiente, os ideais e os confrontos entre duas formas de compreensão da sociedade: os valores da tradição patriarcal e escolástica dos golpistas face ao projeto constitucional-republicano de progresso e liberdade.
















TEATRO

21.OUT.
Sábado às 22h00
Auditório da Casa das Artes
“A NOBRE CAUDA”
GTV/GRUPO DE TEATRO DO VEZ
Inserido no Iº Encontro de Teatro Luso-Galaico de Arcos de Valdevez
Entrada gratuita
"A Nobre Cauda” é talvez a mais inventiva e surreal das peças escritas por Tomaz de Figueiredo. Quer no seu teatro, quer na sua ficção, andou sempre à roda das mesmas figuras, dos mesmos fantasmas, dos mesmos bonecos que lhe dominaram a vida, o enterneceram ou desesperaram. A exuberância barroca da sua escrita dramatúrgica, aliada ao lirismo e, sobretudo ao surrealismo, garantem a Tomaz de Figueiredo um lugar honroso na história do nosso teatro, que durante largo tempo só foi possível ser levado “à leitura” e que agora o Grupo de Teatro do Vez leva pela primeira vez à cena.



















MÚSICA/ALTERNATIVA/ROCK

28.OUT.
Sábado às 22h00
Auditório da Casa das Artes
COUSTEAUX (Inglaterra)
Pré-venda e reserva de bilhetes a partir de 23 de Outubro. Preço único :€5,00.
Concerto único em Portugal Uma das vozes mais características do mundo Liam McKahey e o produtor e compositor Davey Ray Moor juntam-se de novo em CousteauX. CousteauX são melodias e palavras cantadas com paixão e luz. Liam empresta a sua voz rouca e suave às lentas improvisações agridoces do Davey. Liam traz as suas histórias de vida e junta-as às tendências harmoniosas do Davey. Quando o Liam canta as canções do Davey algo de mercurial acontece, uma mistura evocativa e romântica que nos remete para David Bowie, Nick Cave, Scott Walker e Burt Bacharach. “Não é propositado, simplesmente é som que sai dentro de nós.” Cousteau conquistou o mundo em 2001: o seu primeiro álbum atingiu o ouro a nível internacional e desde então os seus temas têm passado nas rádios, cinema e televisão. CousteauX são Cousteau: de volta com um beijo e uma cicatriz.  Uma amizade que começou em festas underground em 1990 e que os levou aos quatro cantos do mundo no início deste século. Um irlandês de Cork e um australiano nascido em Beirute, CousteauX nasceu como uma clássica banda londrina de pelegrinos e emigrantes atraídos à capital da música. Carl Barat, indie superstar, sedeado em Londres coescreveu algumas das faixas deste disco, ao mesmo tempo que os CousteauX enveredam por um lado mais negro e arriscado em canções como ‘The Innermost Light’ e ‘Love Is Not On Trial’, apesar de ‘Seasons Of You’ ser sensual com elementos de swinging soul. O álbum de regresso dos CousteauX é editado em Setembro de 2017 ao que se seguirá uma digressão europeia, que só inclui uma data em Portugal, exatamente na Casa das Artes arcuense. A primeira parte é assegurada pelo português Dan Riverman.









APRESENTAÇÃO DE LIVRO

29.OUT.
Domingo às 15h30
Sala da Varanda
Biblioteca municipal / Casa das Artes
“LUZ”
de Albertina Fernandes























CINEMA:


13 e 15
Sexta e domingo às 22h00
ERA UMA VEZ EM LOS ANGELES
Ação, Comédia, Thriller
Realização: Mark Cullen
Com Bruce Willis, Jason Momoa, John Goodman, Thomas Middleditch, Famke Janssen,
Elisabeth Röhm, Adam Goldberg, Wood Harris..
Sinopse: Steve Ford é um detetive privado de Venice Beach, na Califórnia. Sedutor,
facilmente atraído a uma luta e louco pelo seu cão Buddy. Quando um grupo de
bandidos locais rouba Buddy, o detetive alia-se a Spyder, o líder do gangue que também
tem contas a ajustar com os seus antigos subordinados.





















22
Domingo às 22h00
LINHA MORTAL
Ficção Científica, Drama, Terror
Realização: Niels Arden Oplev
Com Ellen Page, James Norton, Kiersey Clemons, Diego Luna, Nina Dobrev, Kiefer
Sutherland, Charlotte McKinney.
Sinopse: As experiências de "quase morte" efetuadas em segredo por um grupo de
estudantes de medicina trazem consequências trágicas que os colocam em perigo.





















27 e 29
Sexta e domingo às 22h00
A FEBRE DAS TULIPAS
Crime, Drama
Realização: Justin Chadwick
Com Alicia Vikander, Dane DeHaan, Zach Galifianakis, Judi Dench, Christoph Waltz, Jack
O'Connell, Holliday Grainger, Matthew Morrison, Cara Delevingne, Cressida Bonas.
Sinopse: Século XVII, Amsterdão. Uma mulher casada (Alicia Vikander) inicia uma
apaixonada relação com o artista (Dane DeHaan) contratado para pintar o seu retrato.
Os amantes investem no mercado em expansão de bolbos de tulipa como forma de arrecadar dinheiro para fugirem juntos.























NOVEMBRO


Teatro:

3 de novembro
Sexta às 21h30
REGRESSO INESPERADO
Grupo de Teatro do Vez/ GTV
Inserido no projeto “Cultura em Movimento- Programa de Descentralização Cultural nas Freguesias”
Junta de Freguesia de Miranda
Entrada gratuita
“Regresso Inesperado” é uma divertida comédia de enganos, ao estilo das comédias americanas, que retrata as peripécias de um casal desde que recebem uma carta, vinda da Califórnia, e que anuncia uma visita inesperada...
Escrita por Nurmi Rocha, esta peça é levada à cena pelo GTV- Grupo de Teatro do Vez como homenagem a este malogrado autor Arcuense.



Teatro/comédia:

4 de novembro
Sábado às 22h00
“OS 39 DEGRAUS”
Com Vera Kolodzig, João Didelet, Martinho Silva, Pedro Pernas
Auditório da Casa das Artes
Pré-venda / reserva de bilhetes a partir de 30 de Outubro. Preço único: €8,00
Quando um ilustre e bem-parecido gentleman inglês é procurado por um crime que não cometeu e se vê enredado numa teia de espiões, isto significa que estamos perante “Os 39 Degraus”. 
Uma peça que leva ao palco quatro corajosos atores que, sozinhos, desempenham mais de 100 personagens, num dos mais brilhantes espetáculos da Broadway e de West End. Resultado e´ uma comédia a alta velocidade que tem intriga, espionagem, aventura, heróis, vilões, romance e muitas gargalhadas!


















Música/ Rock:

9 de Novembro
Quinta às 21h00
MOONSPELL
+ Bizarra Locomotiva
Apresentação do novo trabalho de originais “1755”
Auditório da Casa das Artes
Pré-venda / reserva de bilhetes a partir de 6 de Novembro. Preço único: €12,00
1755 é o novo disco dos Moonspell, cantado em português, acerca do grande terramoto de Lisboa. Uma reflexão poética, musical e filosófica da banda sobre o evento de 1 de Novembro de 1755 em Lisboa e as suas repercussões no mundo civilizado. O novo disco será tocado na íntegra nesta tour, sendo que o alinhamento para estes concertos inclui também temas obscuros da carreira dos Moonspell.
Musicalmente, 1755 é um disco de raiz Metal, com riffs vibrantes, orquestrações épicas e vozes e letras que testemunham a agonia daquele dia. A banda preocupou-se também em recriar a época, existindo uma fusão com elementos percussivos e melódicos que remete para os fins do século e para a atmosfera que se vivia na capital Portuguesa na altura.
Serão dez temas que na carreira da banda encontram ecos longínquos em discos como "Under the Moonspell" ou "Alpha Noir" mas que apresentam, sobretudo, uns Moonspell como nunca os ouviram a cantar um Portugal e uma Lisboa que não é solarenga, nem turística, nem luminosa.
Apresentação ao vivo a não perder, nesta fase nova da banda, cantando na sua língua num disco a todos os títulos histórico, único e emocionante.
Primeira parte do concerto a cargo dos Bizarra Locomotiva.
















Música/blues

11 de Novembro
Sábado às, 22h00
BUDDA POWER BLUES E MARIA JOÃO  
The Blues Experience
Auditório da Casa das Artes
Pré-venda / reserva de bilhetes a partir de 6 de Novembro. Preço único: €5,00
Após alguns concertos juntos, Budda Power Blues e Maria João decidem unir esforços e talentos na criação de um disco "a dois". Budda assume as composições e letras e Maria João empresta a voz e todo o seu talento, para um disco entitulado Blues Experience. Trata-se exactamente de uma experiência no mágico universo dos Blues onde Maria João deixa cair o seu registo icónico para se apoderar das canções e dar vida às letras, muitas das vezes em dueto com Budda, considerado o melhor músico de Blues do país.
A rudeza de Budda Power Blues alia-se à delicadeza de Maria João, encontrando-se algures num meio-termo para criar uma sonoridade própria e especial.
Falamos de um disco de Blues, mas desengane-se quem possa pensar que se trata de um exercício de estilo. Trata-se de Blues do século XXI, amplamente influenciado por todas as sonoridades que fazem parte do quotidiano de Maria João, Budda, Nico Guedes e Carl Minnemann, os quatro intervenientes deste disco.
Composto por 10 canções que versam sobre assuntos muito pessoais e frequentemente autobiográficos, "Blues Experience" é um disco que percorre várias linguagens dos blues, resultado do desafio lançado por Budda a Maria João.















Exposição coletiva de Arte

D’ARTVEZ 2017
Casa das Artes
De 18 de Novembro de 2017 a 28 de Janeiro de 2018
A edição 2017 da bienal de Artes de Arcos de Valdevez tem neste ano mais uma edição dedicada a diversas expressões de Arte.
Será igualmente realizada uma homenagem ao malogrado artista José Rodrigues, cuja relação criativa com Arcos de Valdevez conhece forte expressão, entre outras, na escultura equestre dedicada ao Recontro de Valdevez colocada na zona do Trasladário.









Música/ Pop Rock

18 de Novembro
Sábado às 22h00
LIZARD BAND
Inserido no programa de abertura da Bienal de Artes D’ART VEZ 2017
Auditório da Casa das Artes
Entrada gratuita
Lizard Band lança cd no mês de Outubro. O 1° Álbum da banda tem como título "Remember" e tem como objetivo homenagear a música dos anos 60. Este novo trabalho conta ainda com dois originais, com letra de Adelaide Lagarto e música de Phil Mendrix. A Lizard Band foi formada na sequência da participação de Adelaide Lagarto no programa "Just Duet" da SIC. Phil Mendrix gostou do que ouviu e convidou Adelaide para vocalista do projeto. 
A Banda tem já alguns convites para atuar em vários países da Europa. O primeiro tema, "Esquece", foi dedicado ao José Luís Moreira, dos Ekos, Banda Portuguesa do pop-rock do panorama nacional dos anos 60, e já está no ar, em videoclipe na RTP internacional e nas redes sociais.
A formação conta com Adelaide Lagarto na Voz, o lendário guitarrista Phil Mendrix, João Madeira no teclado, João Cabrita no saxofone, Miguel Ferro no contrabaixo e Zezé N' Gambi na bateria.















Teatro infantil/ famílias:

24 de Novembro
Sexta às 21h30
DANÇA DA CHUVA
Elefante Elegante Teatro
(Espanha)
Auditório da Casa das Artes
Entrada gratuita
Que aconteceria se de repente deixasse de chover? Não durante um mês, um verão ou um ano, mas para sempre? 
Esta é a pergunta que coloca a DANÇA DA CHUVA, um espetáculo sem palavras onde convivem o teatro gestual, a dança, a manipulação de objetos e as marionetas. 
A DANÇA DA CHUVA trata de um tema sério através de uma encenação poética e visual. 
Os seus efeitos cómicos, plásticos e oníricos advertem e divertem o público familiar e infantil a partir dos 3 anos.
Autoria, Dramaturgia, Cenografia e Encenação María Torres e Gonçalo Guerreiro 
Interpretação María Torres e Gonçalo Guerreiro







Música/ Pop Rock

25 de Novembro
Sábado às 22h00
JOÃO PEDRO PAIS
20 Anos
Auditório da Casa das Artes
Pré-venda / reserva de bilhetes a partir de 20 de Novembro. Preço único: €10,00
Em 2017, a 3 de Novembro, João Pedro Pais completa 20 anos de carreira, e assinala a data com o lançamento de um novo álbum que inclui 20 Anos das suas Canções e mais dois Inéditos; a propósito, referiu João Pedro: “Entrei devagar. Pensativo e apreensivo. Duvidei, mas não vacilei. Canto e escrevo quem ouço e vejo. O meu público é-me intenso, e por isto retribuo-vos 20 anos das minhas e vossas canções”.
A festa de aniversário, com o novo disco em destaque, começa em Novembro de 2017 prolongando-se até Dezembro de 2018, e passará também pelo regresso de João Pedro Pais ao palco da Casa das Artes de Arcos de Valdevez.
Com um espetáculo cuidadosamente preparado para assinalar este evento, o Artista irá partilhar com os fãs uma vida dedicada à música, com a energia contagiante que se lhe conhece quando atua ao vivo.
Trata-se de um concerto recheado de grandes canções, que nos prende do primeiro ao último acorde, revelando a maturidade de um compositor a superar novos desafios.
Em palco, irá apresentar a formação que o tem acompanhado nos últimos anos.
















Outras actividades/ ballet:

26 de Novembro
Domingo às 15h30 e às 17h30
ESCOLA DE BALLET DE PONTE DA BARCA
Auditório da Casa das Artes
O palco da Casa das Artes recebe, mais uma vez e como nos últimos anos, o espectáculo de apresentação anual da Escola de Ballet da C.M. de Ponte da Barca, incluindo as suas várias classes, compostas por elementos de diversas idades.






















Outras atividades/ Congresso:

30 de Novembro a 2 de dezembro
(manhã e tarde)
5º CONGRESSO INTERNACIONAL
“CASA NOBRE: UM PATRIMÓNIO PARA O FUTURO”
Casa das Artes
Este congresso trienal conhece este ano a sua 5ª edição, dando desta forma seguimento a um projeto consolidado de estudo da memória, arquivo, heráldica, genealogia, defesa e valorização do património construído, turismo e desenvolvimento regional, entre outros, num evento único nas suas características e assumidamente um dos fóruns principais de reflexão, estudo e debate sobre estas temáticas ao nível nacional e internacional.
Atrair e divulgar a investigação de qualidade em torno destes temas e problemáticas, é o objetivo central de uma iniciativa que consegue ser, também, um exemplo de cooperação entre uma Autarquia, o Município dos Arcos de Valdevez, e Universidades, nacionais e estrangeiras, representadas através de vários docentes e investigadores.
Mais informações: https://sites.google.com/site/casanobrecongresso/






















DEZEMBRO


Outras atividades/ apresentação de livro:

3 de dezembro
Domingo às 16h00
A FESTA DE S. BENTO DO CANDO
MEMÓRIA E IDENTIDADE DE UMA
DEVOÇÃO SERRANA EM TERRAS DE SOAJO E VALDEVEZ
de José Pinto e Sandra Vieira
Auditório da Casa das Artes






















Música/ Coral feminino

9 de Dezembro
Sábado às 22h00
VOZES BÚLGARAS “ANGELITE”
(Bulgária)
Auditório da Casa das Artes
Pré-venda / reserva de bilhetes a partir de 5 de Dezembro. Preço único: €5,00
Formado em 1987, a partir do extinto coro da Rádio Nacional Búlgara, Angelite reúne as melhores vozes femininas da Bulgária num coro dirigido pelo maestro Georgy Petkov e com um repertório que representa a secular tradição musical e vocal deste país europeu.
Desde a sua formação, e na sequência da abertura das fronteiras na Europa no final da década de 80, Angelite tem-se apresentado por todo o Mundo, como Praça Vermelha ou Vaticano, e colaborado com nomes como Pavarotti, Stevie Wonder, Björk, Phil Collins e António Zambujo, entre muitos outros. Em Dezembro festejam o seu 30º aniversário com uma digressão que passa por Arcos de Valdevez. O programa inclui Cantos Ortodoxos Orientais, composições criadas entre os séculos XIII e XX, de caracter religioso e ainda em vigor prática litúrgica da Igreja Ortodoxa Búlgara actual, na primeira parte. A segunda parte inclui temas tradicionais cantados a capella em aldeias camponesas isoladas do Ocidente, cujas tradições vocais têm sido mantidas nas suas características e espiritualidade originais, bem como alguns temas criados por compositores búlgaros modernos como Philip Koutev, Ivan Spassov e o próprio maestro Georgy Petkov.
“Um dos grupos vocais mais distintos do mundo", Columbus Dispatch (USA)



















Outras atividades/ apresentação de livro:

10 de dezembro
Domingo às 15h30
“VIVER COM ANDRÉ SOARES”
de Francisco Vieira da Silva
Igreja da Lapa

Música/ Concerto de Natal

16 de Dezembro
Sábado às 22h00
CORO DO ORFEÃO DE PARANHOS
(PORTO)
Igreja Matriz de Arcos de Valdevez
Entrada gratuita
Teve a sua estreia a 6 de Setembro de 2014, num espetáculo de solidariedade promovido pela Junta de Freguesia de Paranhos e pela Casa da Cultura de Paranhos, integrado no evento “ A Poesia Anda No Ar”, organizado por esta Edilidade. Participou em Dezembro de 2014, juntamente com o Grupo Coral do Porto - Clube PT, o Orfeão de São Mamede e o Orfeão de Gueifães, no grande espetáculo “Fados a Nossa Senhora”, no Teatro Sá da Bandeira, no Porto, para a Rádio Festival (94.8 FM), com enorme sucesso! Em 31 de Janeiro de 2015, organizou o IV Encontro de Coros de Paranhos, celebrando igualmente o seu primeiro aniversário, onde contou com a presença dos Orfeão Dr. João Antunes, de Condeixa e com o Orfeão Polifónico de Mortágua, sempre com parceria da Junta de Freguesia de Paranhos. Pisou o palco do Coliseu do Porto a 6 de Outubro de 2014, onde cantou no grande espetáculo “Amália: Não Sei Porque Te Foste Embora” para a Rádio Festival. Entre as diversas atividades e convites ao longo de 2016, destacam-se a participação na inauguração do Presépio de Penela, a Entronização do Iº Capitulo da Confraria dos Doces de Paranhos, Iª Missa em Louvor a Nossa Senhora da Conceição na Igreja de Paranhos e cantou e encantou com a sua atuação aos doentes do Hospital Conde Ferreira da Santa Casa da Misericórdia do Porto. Entre as múltiplas atuações no ano de 2017 destaca-se a sua brilhante atuação na cerimónia de abertura do Congresso Latino Americano de Gastroenterologia e Nutrição Pediátrica – Centro de congressos da Alfandega do Porto e o Lançamento do CD da Diocese do Porto, com a presença do Exmo. Senhor Bispo do Porto. Conta com cerca de 75 elementos de todos os grupos etários que integram os diferentes naipes musicais, motivados e empenhados no Canto Coral.
Ao longo destes três anos de existência tem tido como coordenadora Diana e Silva, e como maestro e diretor musical, Sérgio Filipe Martins.
















Actividades com escolas/ Natal:

12 a 14 de Dezembro
FESTAS DE NATAL COM OS JARDINS DE INFÂNCIA E ESCOLAS DO 1º CICLO MUNICIPAIS
Auditório da Casa das Artes
Como em anos anteriores, o regresso da magia e encanto do Natal, trazido até às centenas de crianças que se deslocam ao espaço da Casa das Artes. 
Lugar para muita diversão e, claro, ao Pai Natal e os seus muitos presentes.