=====  V E N D A   D E   B I L H E T E S  =====

- Venda de bilhetes na receção da Casa das Artes a partir das 09h30 do primeiro dia útil da semana respeitante ao evento; sessões de cinema com venda somente na noite/dia.

- Reservas só por telefone (258520520) e com pagamento via transferência bancária.

- Limite de 4 ingressos por pessoa.

- Por imposição do Plano de Contingência COVID-19 e sua adaptação ao espaço, é assegurada somente a reserva e não a marcação de lugar; o ingresso definitivo é emitido na bilheteira na noite/dia do espetáculo por ordem de chegada e de forma crescente, dos lugares próximos do palco para os mais afastados. Abertura da sala 30 minutos antes da hora do evento. Não existem lugares para coabitantes. Lotação atual da sala: 106 lugares (espetáculos) e 116 lugares (cinema).

- É obrigatório o uso de máscara de proteção pessoal durante todo o espetáculo e em todas as áreas do edifício.

- Após obtenção do seu bilhete, deverá entrar de imediato na sala; utilize somente o seu lugar, correspondente ao bilhete que lhe foi entregue.

- Bilhete de cinema €3,00.





SETEMBRO

CINEMA:


24, 25 e 26
sexta, sábado e domingo às 22h00
SHANG-CHI E A LENDA DOS DEZ ANÉIS
Ação, Aventura, Fantasia
Realização: Destin Daniel Cretton
Com Simu Liu, Tony Leung Chiu-wai, Awkwafina, Meng'er Zhang.
Preço: €3,00
 

26
domingo às 15h00 e às 17h30
BOSS BABY: NEGÓCIOS DE FAMÍLIA
Aventura, Comédia, Animação
Realização: Tom McGrath
Com vozes de Fernando Luís, Ana Cloe, Manuel Marques
Preço: €3,00 - ENTRADA GRATUITA PARA CRIANÇAS ATÉ AOS 12 ANOS (INCLUSIVE)





OUTUBRO

Cinema/ Seminário:

1 a 5
sexta a terça
DOC’S KINGDOM 2021
O Doc’s Kingdom — Seminário Internacional de Cinema Documental é organizado pela Apordoc — Associação pelo Documentário, desde 2000. Ao longo de vinte anos, do Baixo Alentejo a Arcos de Valdevez onde se tem instalado nos últimos 4 anos, o Doc’s Kingdom tornou-se um lugar de encontro para a comunidade nacional e internacional do cinema documental, reunindo anualmente uma diversidade de cineastas, artistas, investigadores, professores, estudantes e espectadores num fórum aberto e horizontal, com uma atmosfera informal e acolhedora que promove a inspiração mútua, o debate contínuo e a produção de conhecimento partilhado. 
Coprodução: Cineclube de Arcos de Valdevez
Parceiro Institucional: Ministério da Cultura
Financiamento Público: Instituto do Cinema e do Audiovisual
Apoio: Município de Arcos de Valdevez




Música / pop-rock:

DAVID FONSECA
Auditório da Casa das Artes
9 de outubro (sábado), 22h00
Pré-venda / reserva de bilhetes a partir de 4 de Outubro, preço único: 6 euros.
E uma vez mais, David Fonseca voltou a surpreender-nos: Radio Gemini, o seu último disco, é muito provavelmente o seu disco mais vibrante e refrescante. E sim, isto acontece duas décadas depois de o termos descoberto em “Silence Becomes It”, o disco de estreia da banda Silence 4. E que melhor forma de celebrar tudo isto se não em palco?
Se a propósito de “Radio Gemini” David Fonseca o referenciou como uma playlist em que se albergavam as sonoridades que atualmente vai explorando, que esperar de uma seleção musical que se alargará a 20 anos de canções, algumas delas autênticos hinos transgeracionais? 
Para além dos adjetivos que possamos encontrar para classificar o último trabalho – de frenético a surpreendente, de inesperado a sólido, de arriscado a dinâmico – este é, e disso não temos dúvida, o seu trabalho mais vertiginoso. Efetivamente, escutar “Radio Gemini” transporta-nos em “mach 3” no seu imaginário criativo, do solo à última das nuvens, numa liberdade artística pouco vulgar atualmente, sem fronteiras estilísticas, numa verdadeira afirmação de “ecletismo pop”.
Adicionar às canções de “Radio Gemini”– “Oh My Heart”, “Resist” ou “Tell Me Something I Don’t Know”, serão algumas das eleitas – outras, oriundas da sua discografia a solo, como, “What Life Is For” ou “Someone That Cannot Love” tudo isto faz deste espetáculo uma celebração da incomparável criatividade de David Fonseca. 





Cinema/ Ciclo:

CICLO DE CINEMA GALEGO-PORTUGUÊS, 3ª EDIÇÃO. MULHERES, PATRIMÓNIO, SOCIEDADE
Auditório da Casa das Artes
14 a 16 de outubro
O ciclo de cinema galego-português visa promover o intercâmbio cultural entre a Galiza e Portugal. Para a edição de 2021, propõe-se um ciclo durante o qual serão exibidos uma curta-metragem e um filme, seguindo-se um debate-colóquio com a participação dos respetivos realizadores e/ou de outros intervenientes e do representante das instituições organizadoras. Os objetivos da terceira ediçao são dar visibilidade à realidade portuguesa e galega, oferecendo uma visão positiva e vanguardista dos produtos culturais que se estão a desenvolver no panorama atual, a partir de uma seleção de produções com impacto na sociedade portuguesa e galega. E tornar visível e promover a reflexão sobre temas sociais de grande interesse na Galiza e em Portugal, tomando como referência a mulher e, em particular, o seu papel nas crises e no património, sendo este entendido como instrumento de coesão social e até de apoio emocional e de desenvolvimento económico em áreas demograficamente deprimidas.
Entidades organizadoras:
Consello da Cultura Galega; Universidade do Minho: Vice-reitoria da Cultura e Sociedade e do Centro de Estudos Galegos; Municipio de Arcos de Valdevez ; Secretaría Xeral de Política Lingüística da Xunta de Galicia; Comissão Temática de Promoção e Difusão da Língua Portuguesa dos Observadores Consultivos da CPLP; Museo do Pobo Galego




Exposição / fotografia / áudio:

ONS SOA
Paula Ballesteros-Arias (Comissária) (Galiza)
(Inserida no Ciclo de Cinema Galego)
Foyer do Auditório da Casa das Artes
14 de outubro a 14 de novembro
ONS SOA, é unha exposición comisariada pola arqueóloga e etnógrafa Paula Ballesteros-Arias sobre o seu traballo de campo na Illa de Ons. A mostra é unha selección de pezas que proceden da investigación realizada da man do Instituto de Ciencias do Patrimonio (Incipit) do CSIC xunto con materiais propios que foi reunindo, dende os anos 80 ata o 2016. 
A mostra ONS SOA está formada por 19 fotografías e outros documentos audiovisuais. O discurso narrativo é unha viaxe de ida e volta de paisaxes sonoras e imaxes que reflicten historias de vida dunha comunidade que modelou a súa illa dotando de enorme simboloxía os lugares, con numerosos mitos e lendas.





Música / Pop-Rock / Filme concerto:

PAULO PRAÇA
“Onde”
Auditório da Casa das Artes
22 de outubro (sexta), 22h00
Pré-venda / reserva de bilhetes a partir de 18 de Outubro, preço único: 3 euros.
Paulo Praça apresenta ao vivo o seu novo trabalho, “Onde”: um livro-disco, um vídeo-disco, transformado num filme-concerto que reunirá tudo isto e muito mais! 
Em palco, Paulo Praça & Os Intocáveis: Eurico Amorim -Teclados, Andrés Malta - Baixo e Pedro Martins – Bateria (músicos da banda de Pedro Abrunhosa) vão apresentar na íntegra as canções do livro-disco “Onde”. As letras são de Valter Hugo Mãe, José Régio, Jorge Cruz, Ruy Belo, entre outros. Em simultâneo será exibido o vídeo-disco realizado por Paulo Pinto. 
Virtualmente o escritor José Régio, e os músicos Fausto Bordalo Dias e José Cid também farão parte desta odisseia que é acima de tudo uma representação cultural de Portugal: desde a música cantada na nossa língua, as composições de nomes sonantes da literatura, até à viagem cinematográfica que acompanha o disco “Onde”.
Um espetáculo cofinanciado pela União Europeia através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, enquadrado no COMPETE 2020.







Música/ Pop-Rock:

CARLÃO
Auditório da Casa das Artes
23 de outubro (sábado), 22h00.
Pré-venda / reserva de bilhetes a partir de 18 de Outubro, preço único: 8 euros.
Carlão é um comunicador nato, com uma vasta experiência ganha, em grande parte, nos inúmeros espetáculos ao vivo que foi acumulando ao longo da sua carreira. Identifica-se facilmente com o público e estabelece com ele uma ligação quase imediata, tornando-se cúmplice nas aventuras e desventuras, dentro e fora das suas músicas, no palco e na vida. Em nome próprio, traz na bagagem o álbum “Quarenta” (que teve como primeiro single o estrondoso sucesso “Os Tais”), o EP “Na Batalha”, o disco de originais “Entretenimento?“ que conta os singles “Agulha No Palheiro”, “Viver Pra Sempre”, “Contigo” e “#demasia”, bem como os mais recentes singles “Bandida“ e “Assobia para o Lado”. Ao vivo, o alinhamento integra os seus maiores sucessos a solo, mas também canções mais intimistas e ainda outros sons incontornáveis; um concerto poderoso, com a força das entranhas e que conta com os músicos Dj Glue, Bruno Ribeiro – voz, Nuno Espírito Santo - baixo, Paulo Borges - teclas e Rui Berton – bateria. Carlão, um dos maiores nomes da música urbana da atualidade, propõe um concerto com uma energia constante e uma entrega total e desprendida. CARLÃO com todas as letras maiúsculas.